Av. Alan Turing, nº 805 - Barão Geraldo – Campinas

IPCA desacelera em janeiro com queda no preço da energia elétrica

O IPCA registrou alta de 0,25% em janeiro de 2021, menor valor desde agosto de 2020. A desaceleração do índice foi motivada principalmente pela queda no preço da energia elétrica residencial (-5,6%), que havia contribuído significativamente para alta dos preços em dezembro de 2020, por conta da mudança da bandeira tarifária. A desaceleração do IPCA no setor de alimentação e bebida (1,0%), especialmente a alimentação em domicílio (1,06%), também explica o resultado moderado no mês de janeiro.

O arrefecimento dos preços no setor de alimentos pode ser explicado por diversos fatores. Uma das prováveis causas é uma menor pressão dos preços dos insumos importados e das commodities exportadas sobre os preços no mercado interno. A queda no auxílio emergencial também pode ter contribuído para o resultado, já que a desaceleração da demanda diminuiu a pressão sobre algumas cadeias de produção, que, mesmo com capacidade ociosa, sofreram desarranjos por conta da rápida aceleração da demanda nos últimos meses.

Ademais, a combinação da desaceleração dos preços no setor de alimentação em domicílio com o aumento da inflação no setor de alimentação fora do domicílio (0,91%, maior valor desde janeiro de 2020) sinaliza a continuidade da normalização da cesta de consumo, mesmo com a piora expressiva da crise sanitária.

Apesar da desaceleração, o IPCA acumulado em 12 meses subiu para 4,56% em janeiro (ante 4,52% em dezembro), acima da meta de inflação de 2021 estipulada pelo Banco Central (3,75%). Este resultado fomenta as pressões do mercado para elevação das taxas básicas de juros (Selic) ainda no primeiro semestre de 2021. No entanto, a elevação das taxas de juros diante da incerteza em relação ao ritmo de vacinação e à recuperação econômica podem dificultar ainda mais a decisão de gasto e, consequentemente, a geração de emprego e renda.

Saulo Abouchedid

Imagem: Agência Brasil

 

Expediente

FACAMP explica: PNAD-C é uma publicação mensal do Centro de Pesquisas Econômicas da FACAMP que repercute os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Mensal, do IBGE.

FACAMP é uma faculdade privada fundada em 2000 por João Manuel Cardoso de Mello, Liana Aureliano, Luiz Gonzaga de Melo Belluzzo e Eduardo Rocha Azevedo. Com 100% de Mestres e Doutores, seu curso de Economia recebeu 5 estrelas do Guia do Estudante.

Centro de Pesquisas Econômicas da FACAMP

www.facamp.com.br

cepe@facamp.com.br

Pesquisadores

Adriana Marques da Cunha, Beatriz Freire Bertasso, Bento Maia, Fernanda Serralha, Jackeline Bertuolo, José Augusto Ruas, Juliana Filleti, Ricardo Buratini, Rodrigo Sabbatini, Saulo Abouchedid e Thiago Dallaverde, Nathan Caixeta

Assistentes de Pesquisa

Thais Trombetta

Jacques Gabriel Guedes videla

Related Posts

Leave a comment

You must be logged in to post a comment.
× Olá! Como podemos ajudar?