A Profissão do Administrador

O campo de trabalho do administrador é muito amplo e diversificado.

Engloba todas as atividades das pequenas, médias e grandes empresas do setor público ou privado, no agronegócio, na indústria e nos serviços.
A carreira de administrador tem sido bastante procurada exatamente porque o campo de trabalho tem tal amplitude.
A estrutura das organizações tornou-se mais complexa nos últimos anos.
A globalização da produção, do comércio e das finanças, o acirramento da concorrência, o dinamismo do progresso técnico, dos mercados financeiros
e a alteração dos padrões de consumo exigem das empresas maior rapidez na tomada de decisões e crescente agilidade para inovar.
Como consequência dessas transformações, são requeridas estratégias cada vez mais criativas e sofisticadas. As boas decisões de investimento e financiamento dependem da avaliação precisa do ambiente macroeconômico, da construção de cenários consistentes de médio e longo prazos e da análise rigorosa da conjuntura.
Outro aspecto igualmente importante é a análise do ambiente no qual a empresa atua: as formas de concorrência, os pontos fortes e fracos dos competidores, o poder de negociação dos fornecedores e clientes.
Nesse cenário complexo e em permanente transformação, o papel desempenhado pelo administrador é fundamental para o planejamento, a organização, a direção e o controle de recursos humanos, materiais e financeiros.

Conheça o curso de Administração da FACAMP

Áreas de Atuação do Administrador

GESTÃO DE PRODUÇÃO

Toda empresa é um centro de criação de valor. É no setor de produção que se desenvolvem as atividades necessárias para elaborar os bens ou serviços que deverão ser vendidos para outras empresas ou entregues ao consumidor. A Gestão de Produção responde, portanto, pela eficiência dos processos produtivos
e pela qualidade dos produtos, tanto na indústria como nos serviços: comércio, bancos, escolas, hospitais, hotéis etc.

GESTÃO DE OPERAÇÕES

A Gestão de Operações garante a quantidade adequada de recursos humanos e materiais para atender à demanda. Esses recursos devem ser planejados, sequenciados e controlados para diferentes tipos de processos na indústria, nos serviços e no agronegócio. O gestor de operações deve ter capacidade de combinar tecnologia e talentos humanos, motivar a gestão e a disseminação do conhecimento, desenvolver projetos inovadores, novos produtos e processos, saber integrar recursos para balancear a capacidade produtiva e as necessidades dos clientes e promover o desenvolvimento sustentável.
Paulo Sérgio de Arruda Ignácio, Consultor Organizacional em Gestão de Sistemas da Qualidade, Logística e de Informações

LOGÍSTICA

A Logística tem uma função destacada em todos os setores econômicos e o seu gasto representa hoje cerca de 20% do PIB mundial. No setor produtivo, integra todas as empresas que compõem as diversas redes de suprimentos, permitindo a agregação de valor por meio da eficiência no abastecimento e na distribuição das quantidades solicitadas pelos clientes no momento das suas necessidades. Nos serviços, a logística atua no abastecimento de organizações varejistas e atacadistas,
de hospitais, bancos, universidades, hotéis, governo etc. com a finalidade de garantir a qualidade oferecida ao cliente.
Germano Manuel Correia, Doutor em Engenharia de Produção pela USP, Engenheiro e Administrador de Empresas. Consultor nas áreas de Operações,
Logística e Comércio Exterior

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

Na empresa, a Administração Financeira envolve duas atividades distintas e complementares. A primeira cuida do dia a dia das suas finanças. A segunda atividade está relacionada aos procedimentos de finanças corporativas: cuida das decisões de investimento e financiamento a médio e longo prazos e da política de dividendos. O administrador tem papel relevante nos mercados financeiros.

CAPITAL EMPREENDEDOR

No Brasil, além das já tradicionais funções voltadas para a controladoria e tesouraria, o mundo das finanças tem visto surgir com força uma nova área: a de venture capital. É considerada parte da área dos serviços financeiros, na qual os profissionais são responsáveis pela gestão do capital empreendedor. Dentre as atribuições desse profissional estão a análise de oportunidades de investimento e a expansão do capital, além de negociações com empreendedores.
Juliano Graff, CEO da Master Minds Adding Value to Visions

MERCADO DE CAPITAIS

O administrador financeiro atua no mercado de capitais – bancos comerciais, bancos de investimento, corretoras de valores, fundos de investimento. É responsável pela aplicação de recursos financeiros de investidores, pessoas físicas ou empresas, buscando as oportunidades mais atrativas. Para trabalhar nesse segmento, é necessária uma formação ampla, além da capacidade de avaliação da conjuntura macroeconômica nacional e internacional, conhecimento de como funciona o mercado de capitais e domínio dos instrumentos de análise de riscos.
Márcio Marcelo Belli, Professor da Faculdades de Ciências Aplicadas da UNICAMP

RECURSOS HUMANOS

O administrador da área de Recursos Humanos lida com as competências e habilidades pessoais que fazem parte da organização, de modo a garantir as condições de máxima eficácia dos trabalhos em equipe, conjugando objetivos individuais e sociais com as metas organizacionais que englobam vários aspectos, como: motivação, liderança, trabalho em equipe, relacionamentos interpessoais, comunicação, gerenciamento dos conflitos, negociação, avaliação de desempenho, desenvolvimento de planos de carreira, valores e ética.

DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS

O bom funcionamento empresarial requer equipes comprometidas com valores que estejam alinhados à cultura da empresa.
É preciso contar também com líderes preparados para mediar transformações, solucionar conflitos e gerenciar aprendizados, compartilhando responsabilidades e apoiando a diversidade. As organizações precisam implantar modelos de desenvolvimento de competências que impulsionem estratégia do negócio.
Adriana Alcino Duarte, Professora da FACAMP

MARKETING

Com o acirramento da concorrência trazido pela globalização, o Marketing ganhou vital importância para o sucesso
da empresa. A gestão de marketing começa pela análise do mercado, concepção do produto, design, embalagem,
marca. Passa pela comunicação com o mercado através das várias mídias. Chega à formação de preço, logística,
distribuição, merchandising e promoção nos pontos de venda.

GESTÃO DA MARCA

O marketing é uma atividade que envolve toda a empresa. Um marketing bem elaborado cria marcas fortes e desenvolve a fidelidade dos clientes e consumidores. Smartphones, smart TVs, tablets, sistemas de busca, redes sociais e portais de internet tiveram grandes repercussões no marketing. Hoje, o consumidor faz pesquisas com facilidade e tem mais informações, exigindo conveniência, experiência e rápido atendimento.
Essas transformações exigem do profissional de marketing novas competências para lidar com informações disponibilizadas na internet, identificar tendências de mercado, criar produtos personalizados e desenvolver formas de comunicação.
Mauricio Jucá de Queiroz, Coordenador do curso de Administração da FACAMP

 

A Profissão do Administrador