A Coordenadora, Professora Eveline Borges, fala sobre a empregabilidade dos formados em design e explica quais são os diferenciais do curso

Como é o curso de Design da FACAMP?
Nosso curso é o único oferecido realmente em tempo integral. São quase 5.000 horas de atividades em aulas teóricas, aulas práticas e de treinamento profissional. O tempo integral garante uma formação completa nas três grandes áreas do Design: produto, gráfico e interfaces.

Como o mercado de trabalho tem absorvido os formados pela FACAMP?
O nosso índice de empregabilidade é altíssimo: 96% dos formados trabalham na profissão que escolheram. Trabalham em grandes empresas, em agências de design, em agências de publicidade, no setor público. Alguns abriram, com sucesso, seu próprio estúdio. Essa é a melhor prova da excelência do curso.

Qual é o núcleo do curso de Design?
O núcleo do curso é constituído por seis semestres de Projeto de Produto, seis semestres de Projeto Gráfico e quatro semestres de Projeto de Hipermídia. Os projetos estão articulados com o trabalho prático nas Oficinas de Design de Produto, no Laboratório de Design Gráfico, na Oficina de Impressão e no Laboratório de Hipermídia.

Quais são as disciplinas técnicas de apoio a um bom projeto?
Um bom projeto precisa ser corretamente formulado. É o papel de disciplinas como Desenho, Física, Geometria, Engenharia do Produto, Ergonomia, Informática, Processos Industriais.

O que diferencia um verdadeiro Designer de um simples técnico?
O gosto sofisticado e a sintonia com os problemas sociais, culturais e morais de nossa época. No nosso curso, há disciplinas que cuidam do desenvolvimento do gosto: História da Arte, Arte Contemporânea, História do Design. As questões contemporâneas são discutidas em Fundamentos Sociais do Design.

O que o designer precisa conhecer da realidade da empresa e do universo dos consumidores?
O designer tem de conhecer a realidade produtiva da empresa e dominar ferramentas de Marketing. Além disso, precisa estar sintonizado com as práticas sociais e com os valores culturais contemporâneos.