O Coordenador do Curso de R.I., Professor Lício da Costa Raimundo, afirma que a formação completa é responsável pelo índice de empregabilidade recorde dos formados

Como o senhor definiria o analista de Relações Internacionais formado pela FACAMP?
É um profissional altamente sofisticado, à altura das exigências do mercado de trabalho do século 21.
Ele domina ao menos duas línguas estrangeiras, Inglês e Espanhol, eventualmente uma terceira, Mandarim, Alemão, Francês ou Italiano. Está preparado para entender o mundo globalizado, estudando Economia,
Política, História, Direito e Filosofia. E é capaz de analisar, propor soluções e negociar, estando na empresa, em organizações internacionais ou no governo.

Qual é o índice de empregabilidade dos formados em RI pela FACAMP?
Nosso índice, 90%, é a prova de que formamos um profissional sofisticado, capaz de enfrentar a concorrência no mercado de trabalho. Tenho a certeza de que esse índice é recorde! Nossos formados estão empregados, no setor privado, em empresas ligadas a negócios internacionais, em cargos da maior importância.

Como está estruturado o curso da FACAMP?
É o tempo integral que permite uma formação completa. Nosso curso tem três eixos:
1) línguas: Inglês e Espanhol. O aluno, se desejar, pode fazer uma terceira língua estrangeira;
2) matérias específicas de RI: Teoria das Relações Internacionais, Instituições Econômicas e Políticas Internacionais, Temas Internacionais, Estudos de Países e Regiões etc.;
3) fundamentos das RI: Economia, Política, Direito, História e Filosofia.

Como é o treinamento profissional?
É realizado nos Laboratórios de Pesquisa em RI, nos quais são analisados países ou regiões: EUA, China, Europa, América Latina e África. Há, ainda, trabalhos práticos sobre os principais temas de RI: meio ambiente, energia, segurança alimentar, miséria e pobreza etc. O aluno é treinado para definir estratégias baseadas na construção de cenários internacionais. E o Centro de Relações Internacionais desenvolve um amplo conjunto de atividades.

A bidiplomação em Economia dá aos formados em RI grande vantagem no mercado de trabalho?
Sem dúvida. E digo mais: um profissional formado em Economia e Relações Internacionais está ainda mais preparado para enfrentar a dura concorrência pelos bons empregos..