fbpx

NEC FACAMP

Sobre nós

O Núcleo de Estudos de Conjuntura da FACAMP é um espaço de discussão e reflexão de professores e alunos e possui como objetivo a elaboração de notas e relatórios sobre conjuntura econômica. Tais publicações têm caráter informativo e são destinadas a toda comunidade.

Pesquisadores

Professores:

  • Professor Doutor Rodrigo Coelho Sabbatini
  • Professor Doutor José Augusto Gaspar Ruas
  • Professora Doutora Beatriz Freire Bertasso
  • Professora Doutora Adriana Marques
  • Professora Mestre Fernanda Serralha
  • Professor Doutor Saulo Cabello Abouchedid
  • Professor Doutor Ricardo Buratini
  • Professora Doutora Juliana Filetti
  • Professor Mestre Thiago Dallaverde

 

Assistentes de pesquisa

  • Felipe Silva
  • Nathan Caixeta

 

Relatórios Especiais

A pandemia do COVID-19 gera uma crise global de grandes proporções que se reflete nas várias esferas da vida social. O isolamento necessário para conter os danos da crise sanitária gera uma crise econômica, explicitada em dois choques simultâneos à pandemia: a expressiva desvalorização dos ativos financeiros (com reflexos deletérios sobre o valor de mercado e solidez das grandes empresas) e a virtual interrupção do circuito gasto-emprego-renda que impulsiona a atividade econômica em todos os demais mercados. Como se sabe, tais impactos são amplificados nos países emergentes, seja por conta da maior vulnerabilidade desses países a choques nos mercados financeiros, seja pela maior sensibilidade de muitos países a uma retração do comércio internacional.
Veja a publicação completa

 

 

A Economia Brasileira no Primeiro Trimestre de 2020
O PIB brasileiro encolheu 1,5% no primeiro trimestre de 2020 frente ao trimestre imediatamente anterior, configurando a maior queda desde o segundo trimestre de 2015. Este resultado reflete mais a desaceleração da economia em janeiro e fevereiro do que os efeitos da pandemia sobre a atividade econômica. Contesta-se , portanto, a percepção de que a economia brasileira vinha se recuperando e que esta recuperação foi prejudicada pela eclosão da crise pandêmica.
Veja a publicação completa

 

 

Publicações

Notas “Facamp Explica”: Notas de conjuntura mensais sobre as principais pesquisas realizadas pelo IBGE (indústria, comércio, serviços e mercado de trabalho)

Maio/2020

Pandemia abre fosso entre o mercado formal e informal de trabalhoi

São dois os destaques das estatísticas da PNADC de maio de 2020 – a movimentação das pessoas entre as categorias demográficas e o distanciamento cada vez maior entre os segmentos formal e informal do mercado de trabalho. A crise econômica vigente explicita, de maneira dramática, as fragilidades estruturais do mercado de trabalho brasileiro, que se ampliaram com a flexibilização das leis trabalhistas e o aumento da precarização do trabalho.
Veja a publicação completa

 

Abril/2020

Pandemia provoca queda recorde da força de trabalho em abril

Os dados do mercado de trabalho brasileiro devem ser acompanhados com especial atenção nos meses que seguem. O impacto do isolamento social nos fluxos econômicos deve ser de grande proporção, afetando fortemente a demografia do mercado de trabalho, assim como a importante dificuldade de coleta de dados pelo IBGE trará um cuidado especial com a análise dos resultados.
Veja a publicação completa

 

Março/2020

Os primeiros impactos da COVID-19 no mercado de trabalho

Os dados do mercado de trabalho brasileiro devem ser acompanhados com especial atenção nos meses que seguem. O impacto do isolamento social nos fluxos econômicos deve ser de grande proporção, afetando fortemente o mercado de trabalho, assim como a importante dificuldade de coleta de dados pelo IBGE trará um cuidado especial com a análise dos resultados.
Veja a publicação completa

 

Janeiro/2020

PIM-PF -Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física

A produção industrial de janeiro avançou 0,9% em relação ao mês anterior (já descontada a sazonalidade), porém está abaixo do registrado em janeiro de 2019 (-0,9%). O resultado reverte parte das perdas acumuladas de novembro e dezembro (-2,4), porém revela a estagnação do setor, que não consegue retomar os níveis de 2017/2018.
Veja a publicação completa

 

Fevereiro/2019

PIM-PF -Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física

Ainda buscando recuperação, indústria “anda de lado”no início de 2019. De acordo com a última Pesquisa Industrial Mensal do IBGE, publicada em 2 de abril de 2019, a produção física da indústria brasileira apenas compensou a queda observadano mês anterior e o desempenho, novamente, ficou abaixo das expectativas. A análise da tendência aponta que, após uma recuperação tímidaentre o final de 2016 e meados de 2018, a produção voltou arecuar no 2°Semde 2018 e apenas “anda de lado”no início de 2019. Vale observar que produção industrial ainda está 11% abaixo da média de 2014, quando a crise econômica brasileira se manifestou de forma mais aguda.
Veja a publicação completa

 

 

 

Relatórios Semestrais

 

 

Publicações especiais sobre setor público, sistema financeiro, setor externo e indústria.

 

Base de Dados

  • Atividade Econômica
  • Setor público
  • Setor Externo
  • Sistema Financeiro