Av. Alan Turing, nº 805 - Barão Geraldo – Campinas

PIM-PF: Janeiro de 2020

Produção industrial avança em janeiro em um cenário de estagnação – PIM-PF Janeiro de 2020

Saulo Abouchedid

A produção industrial de janeiro avançou 0,9% em relação ao mês anterior (já descontada a sazonalidade), porém está abaixo do registrado em janeiro de 2019 (-0,9%). O resultado reverte parte das perdas acumuladas de novembro e dezembro (-2,4), porém revela a estagnação do setor, que não consegue retomar os níveis de 2017/2018. O resultado mensal ficou acima das expectativas do mercado: a mediana das projeções divulgada pelo Valor Data apontava alta de 0,7% da produção em relação a dezembro. Ademais, a mediana das projeções do Boletim Focus para a produção industrial de 2020 recuou de 2,41%, no final de fevereiro, para 2,0% no dia 6 de março.

Em relação a dezembro de 2019, destaca-se o desempenho da indústria da transformação (+1,5%), em especial a fabricação de maquinas e equipamentos (11,5%), a indústria farmacêutica (6,2%), a metalurgia (6,1%) e a produção de veículos (4,0%) – retomada após férias coletivas no final de 2019. De maneira geral, o desempenho positivo da atividade industrial não aponta para a recuperação do setor, mas revela uma base de comparação depreciada. No campo negativo, vale ressaltar o resultado da indústria extrativa (-3,1%), que ainda é impactada pelo rompimento da barragem de Brumadinho em janeiro de 2019.

Assim, ainda faltam fundamentos sólidos para uma recuperação da demanda e do investimento num quadro de aumento da informalidade do mercado de trabalho, elevada ociosidade produtiva e queda nos mercados financeiros e na demanda global, intensificada por conta dos desdobramentos do coronavírus e da disputa entre Rússia e Arábia Saudita no mercado de petróleo. De fato, a recuperação recente esteve influenciada por fatores passageiros e pontuais, como a liberação de recursos do FGTS, alguma melhora no setor de alimentos (talvez puxado por exportações), petróleo e construção civil (crescimento de 1,6% dos insumos típicos em 2019). Por fim, não devemos esquecer o obstáculo estrutural da quebra de importantes elos das cadeias produtivas internas, que decorre da perda de competitividade de importantes segmentos industriais nas últimas décadas em função, sobretudo, da permanência de juros altos e câmbio sobrevalorizado.

 

Gráficos e Tabelas
Fonte: IBGE
Elaboração: Centro de Pesquisas Econômicas da FACAMP

Brasil: Evolução da PIM-PF em %

[google_table rows=”1″ cols=”3″ show_row_number=”0″ heads_values=”Janeiro 2020 em relação a Janeiro de 2019^Janeiro 2020 em relação a Dezembro de 2019^Variação percentual acumulada no ano (Base: igual período do ano anterior)” heads_types=”string^string^string” sc_id=”sc1583871301393″]-0,9^0,9^-0,9[/google_table]

 

Produção física industrial - Brasil - PIM-PF Janeiro de 2020 Produção física industrial por setor industrial

 

Baixe o Boletim em PDF

 

Expediente

FACAMP explica: PIM-PF é uma publicação mensal do Centro de Pesquisas Econômicas da FACAMP que repercute os resultados da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE.
FACAMP é uma faculdade fundada em 2000 por João Manuel Cardoso de Mello, Liana Aureliano, Luiz Gonzaga de Melo Belluzzo e Eduardo Rocha Azevedo. Com 100% de Mestres e Doutores, seu curso de Economia recebeu 5 estrelas do Guia do Estudante.

Centro de Pesquisas Econômicas da FACAMP
cepe@facamp.com.br

Pesquisadores
Adriana Marques da Cunha, Beatriz Bertasso, Bento Maia, Fernanda Serralha, Jackeline Bertuolo, José Augusto Ruas, Juliana Filleti, Ricardo Buratini, Rodrigo Sabbatini, Saulo Abouchedid e Thiago Dallaverde
Assistentes de Pesquisa
Felipe Silva e Nathan Caixeta

Como citar esta nota
ABDOUCHEDID, S. “PIM-PF: Janeiro de 2020”. In FACAMP Explica: PIM-PF. Campinas: Editora FACAMP, volume 2, número 01, março de 2020. ISBN xxxxxxxxx.

 

Conheça o Núcleo de Pesquisa de Economia e Gênero da FACAMP