fbpx
Semana de Economia FACAMP

Semana de Economia FACAMP

Na última semana de março, entre os dias 25 e 29, foi realizada a Semana de Economia da FACAMP 2019.

O evento, realizado pelo DCE Celso Furtado e pelo Centro Acadêmico de Economia, contou com quatro palestras que versaram sobre temas importantes para a análise da atual conjuntura econômica e sobre perspectivas futuras do país. Além das palestras, dois dias da semana foram reservados para realização de visitas técnicas. A primeira delas contou com o envio de uma delegação de alunos ao Banco Central em São Paulo. A segunda visita foi realizada na quarta-feira (27/3), na filial da empresa chinesa BYD.

A abertura da Semana de Economia ocorreu no dia 25 de março. O professor da Unicamp Antonio Carlos Diegues Jr. ministrou uma palestra sobre os desafios para a indústria nacional. Diegues apresentou sua tese sobre a reorganização da indústria em operação no país ao longo das últimas décadas. Além disso, mostrou como o cenário da última década foi marcado por baixos investimentos na maior parte dos setores econômicos, o que torna ainda mais desafiadora a organização de uma política industrial para os próximos anos.

A segunda palestra foi realizada na manhã da quinta-feira, 28 de março, pela Profa. Dra. Esther Duek, da UFRJ. A palestrante abordou o debate teórico sobre a capacidade do Estado em promover crescimento econômico. Além disso, apresentou os dados mais recentes sobre política fiscal e tributária brasileira, bem como suas implicações nas perspectivas de longo prazo da economia.

Ainda na quinta-feira, o economista chefe da corretora Necton, André Perfeito, palestrou sobre as origens da atual crise econômica brasileira. A apresentação ilustrou elementos políticos que se relacionaram com a mudança na estrutura de salários, especialmente nos de baixa renda, mas também aos equívocos na gestão da política econômica nos últimos anos.

Por fim, fechando a Semana de Economia, na manhã do dia 29 de março, o presidente executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Base (ABDIB), Venilton Tadini, discutiu os desafios para investimentos na infraestrutura e retomada do crescimento. Sua exposição ilustrou os desajustes na reorganização do modelo de investimentos do setor ao longo das últimas décadas. Destacou a importância central do planejamento e da presença do Estado como organizador, investidor e também propulsor na iniciativa privada na área de infraestrutura.